quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Homenagem da Escola Craque 10 ao Craque D'Alessandro

Argentino de maior sucesso na história do Brasil, D'Alessandro deixa Inter após 8 anos

Francisco De Laurentiis e Marcus Alves, do ESPN.com.br
 
 
Oito anos depois de ser comprado do Zaragoza-ESP por 5 milhões de euros, Andrés D'Alessandro deixou nesta quarta-feira o Internacional. Ele será emprestado ao River Plate, da Argentina, clube no qual começou a carreira e defendeu entre 1991 e 2003.

Alexandre Lops/SC Internacional
O empréstimo será de um ano, sem um valor fixado para os direitos federativos em definitivo. O meio-campista tem contrato com o Inter até 2017.

O vice jurídico colorado, Giovani Figueiredo Gazen, está em Buenos Aires acertando os últimos detalhes, e o anúncio oficial será feito ainda nesta quarta-feira, em entrevista do presidente Vitorio Piffero, às 16h (horário de Brasilia).

Em sua bagagem, D'Alessandro leva 10 taças conquistadas pela equipe colorada, o que faz do atleta de 34 anos, nascido em Buenos Aires, o jogador argentino de maior sucesso da história do futebol brasileiro.
Um ídolo. Capitão. Vencedor.
Contratado em 2008 e dono de 340 partidas e 76 gols pelo Inter, segundo o site oficial do clube gaúcho, D'Ale levantou troféus nacionais e internacionais pelo time. O mais importante deles foi a Libertadores de 2010, na qual o gringo teve participação mais do que decisiva, com gols, assistências, dribles e muita raça.
Além da cobiçada taça, o camisa 10 também faturou uma Copa Sul-Americana (2008), uma Recopa Sul-Americana (2011), uma Copa Suruga Bank (2009) e seis Campeonatos Gaúchos (2009, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015).

Ao longo de seus oito anos em porto Alegre, D'Alessandro ganhou uma vez o prestigioso prêmio de melhor jogador da América, concedido pelo jornal uruguaio El Pais, em 2010.
Também levou o inédito "Prêmio EFE Brasil", que o escolheu como o melhor jogador estrangeiro do Brasileirão de 2013.

O meio-campista também se destacou no Inter pelo ótimo desempenho no clássico Gre-Nal. Ao todo, ele enfrentou o rival Grêmio 27 vezes, ganhando 13, empatando nove e perdendo apenas cinco jogos.
Também colocou oito vezes a bola nas redes tricolores, média de 0,3 tento por duelo.
Sua estreia pela equipe colorada, aliás, foi em um Gre-Nal: 1 a 1, em 13 de agosto de 2008, pela Copa Sul-Americana - que terminaria com título colorado.
Já sua última partida pelo time do qual se tornou um dos maiores ídolos foi o empate por 0 a 0 com o Coritiba, em 27 de janeiro, pela Primeira Liga.

Ele também entra na história por ter feito, no dia 6 de abril de 2014, o primeiro gol da reinauguração do Beira Rio, em partida amistosa contra o Peñarol, do Uruguai.

 Alexandre Lops/SC Internacional

De volta ao River, D'Ale terá a chance de conquistar novamente a Libertadores. O time de Buenos Aires está no grupo 1 do torneio sul-americano, ao lado de The Strongest-BOL, Trujillanos-VEN e o vencedor do confronto entre São Paulo e Universidad César Vallejo-PER.
Diretor esportivo do time millonario, o ídolo uruguaio Enzo Francescoli já deu as boas-vindas ao reforço. "Bem-vindo, D'Alessandro, a sua casa. Por un ano con muitos desafios pela frente. Estamos felizes", escreveu o ex-jogador, em sua conta no Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PREPARATIVOS PARA PRÓXIMA RODADA

DIA DE JOGO 19/08 SÁBADO!! Olá pessoal, nossa próxima partida já tem data e local definidos, o jogo será em casa na quadra da escolinha...